---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Cultura
Antônio Carlos homenageia Raulino Reitz, padre e botânico de Antônio Carlos, em seu centenário

Publicado em 22/08/2019 às 16:12 - Atualizado em 08/10/2019 às 14:08

     O município de Antônio Carlos-SC e a Comissão Reitz 100 realizou, do dia 18 a 22 de setembro, as celebrações do Centenário de Nascimento de Raulino Reitz. A programação começou no dia 18 de setembro, com a exposição de orquídeas no hall da prefeitura municipal. No dia 20, sexta-feira, no Auditório da Câmara de Vereadores de Antônio Carlos, aconteceu a Sessão Solene em comemoração aos 100 anos de Raulino Reitz. No dia 22 de setembro (domingo), aconteceu a missa em sua memória, inauguração de estátua (em sua homenagem) e do Museu Municipal, além de plantio de bromélias e lançamentos de livros.

 Raulino Reitz

     Nascido em Antônio Carlos/SC em 19 de setembro de 1919, Raulino Reitz foi um brilhante cientista e padre católico possuidor de um prestigioso legado. Suas atividades relacionadas à pesquisa botância no Estado de Santa Catarina possuem reconhecimento internacional.

     Metódico e trabalhador, Raulino Reitz deixou obra importantíssima de catalogação da Flora catarinense. As bromélia tornaram-se o maior alvo de seus estudos e ele é por tanto conhecido como “Padre dos Gravatás”.

     Teve papel fundamental na formação das bases da ecologia em Santa Catarina e no Brasil. Fundou e idealizou diversas áreas de preservação ambiental e criou a Fundação de Amparo à Tecnologia e ao Meio Ambiente (FATMA). Por conta disso, é merecidamente reconhecido como Patrono dos Ecologistas Catarinenses.

     Em razão da proporção de seu trabalho e genialidade, o Museu Municipal de Antônio Carlos promove o reavivamento da memória de Raulino Reitz, um homem visionário que tornou-se exemplo de cidadania e fé.

 

 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar